Adonay Echad


Seja bem vindo (a)!!!

Últimos assuntos
Bate Papo
Quem está conectado
2 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 2 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 57 em Seg 08 Fev 2016, 6:29 am
Parceiros



50




50








50




50



50

ACHAREI MOT (Depois da Morte) & KEDOSHIM (Santos) Levítico 1

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

default ACHAREI MOT (Depois da Morte) & KEDOSHIM (Santos) Levítico 1

Mensagem por Patrick em Ter 21 Dez 2010, 11:33 am

ACHAREI MOT (Depois da Morte) & KEDOSHIM (Santos) Levítico 16:1 a 18:30 & 19:1 a 20:27.

PRIMEIRA PARTE:
Leitura: Levítico 16:1,2
Êxodo 24:9-18

1.1 Arão, Nadav, Avihu e os setenta anciãos tiveram um contato vívido com o Eterno, juntamente com Moisés. Mas logo em seguida, para receber as tábuas da lei, que como conseqüência seria dada numa experiência ainda mais profunda e grandiosa, o Eterno escolheu o Seu servo Moisés e Josué, o servo de Moisés.

LIÇÃO: As verdadeiras experiências são para aqueles que estão dispostos a servir ao Eterno, posicionando-se como SERVOS de D’us.

1.2 LER: Uma lição sobre Nadav e Avihu. É preciso trazer à existência na nossa vida aquilo que conquistamos na dimensão espiritual, senão nos tornamos infrutíferos. A incapacidade de conciliar a experiência espiritual com a vida prática neste mundo faz uma pessoa passar a vida andando em círculos, sem realizar nada significativo. A experiência espiritual e o conhecimento intelectual das verdades bíblicas, não são suficientes, se não existir uma missão, um propósito definido pelo Eterno. A religião sem ação efetiva, que é fruto da obediência ao Eterno, pode se tornar uma fuga, uma muleta para a alma ou até um hobby.

Atitudes erradas:

1)Buscar o sagrado, mas sem torná-la útil no mundo físico, por não ter a visão do Mashiach, ou seja, tornar este mundo uma morada para o Eterno.
2)Buscar o sagrado, sem fazer um esforço genuíno para consagrar-se.

A conseqüência das atitudes erradas:

1)Atitude meramente mística que busca experiências espirituais como um foco apenas na satisfação pessoal.
2)Acúmulo de conhecimento sem uma direção Divina estimula o orgulho e a intolerância.
3)A falta de consagração numa pessoa que teve experiência com D’us e tem conhecimento bíblico, pode levá-la a morte espiritual. Como resultado disto, a pessoa se transformará num falso profeta, ou num devasso, ou morrerá pela sua iniqüidade.

SEGUNDA PARTE: Vamos seguir o plano do Eterno e exercitar a obediência a Ele através dos nossos atos e atitudes – Ler: Levítico 16:3-11

2.1- Oferecer Sacrifícios: (ter o sangue da expiação)

Aqueles que têm o testemunho do Mashiach Yeshua têm o sangue da expiação resultante do seu sacrifício feito pelo pecado e pelo delito, em suas vidas. Mas precisam oferecer os outros sacrifícios de forma espiritual, através da consagração, da renúncia as coisas que desagradam ao Eterno, do estudo da palavra de D’us, de uma vida imersa em oração, na comunhão constante com o Eterno, na obediência a direção do espírito de D’us, na observância aos preceitos do Eterno e coisas semelhantes a estas.

2.2 – Revestir-se de Vestes de Santificação: (ter uma atitude de consagração e transparecer isto para os outros).

Não só consagrar-se internamente, mas parecer de fato como uma pessoa consagrada, através da manifestação do espírito do Eterno na pessoa, que reflete a luz do Mashiach nela, e também na maneira que ela se veste, fala e age.

2.3 – Obedecer ao calendário estabelecido pelo Eterno, que estabelece uma ordem Divina no curso da nossa vida na terra. O calendário do Eterno sincroniza a dimensão espiritual com a dimensão física, ou seja, o Olam Haba com o Olam Hazé (o Mundo Vindouro, que é o Reino de D’us, com o mundo inferior, o mundo físico, temporal, transitório. Yom Kipur: Ler: Levítico 16:29-32.

Há uma hora para todas as coisas e estes momentos já foram estabelecidos pelo Eterno, então o que nos resta é estarmos no lugar certo, na hora certa com a atitude correta.

Os Sacrifícios:
O novilho: expiação pelos pecados de Arão e sua casa.
O cabrito: expiação pelos pecados da congregação.
Aspergir o sangue dos sacrifícios por sete vezes, com o dedo indicador, sobre o tampo da arca da aliança.
O sangue também santifica o Mishcan (Tabernáculo), consagrando todo o lugar.
O cabrito para Azazel representa a retirada da maldição resultante dos pecados cometidos e a saída dos demônios do acampamento, que entraram em razão das “brechas” (pecados).
O sangue foi dado para expiação dos pecados, e há uma proibição Expressa acerca de beber sangue, e isto se aplica não só para o judeu, mas para qualquer pessoa que deseja se aproximar do Eterno (Lev.17:11-16).

TERCEIRA PARTE: As funções do Sumo Sacerdote e dos sacerdotes na perspectiva da B’rit Chadashá. Ler: Hebreus 4:14 e 1 Pedro 2:5.

3.1- ORDEM SACERDOTAL TERRENA: o sumo sacerdote é da tribo de Levi e descendente de Arão. O sacerdote é da tribo de Levi. O sumo sacerdote faz trabalhos sagrados e oferece sacrifícios que servem como expiação para ele e para toda a congregação e os sacerdotes fazem trabalhos sagrados e auxiliam o sumo sacerdote. A nação de Israel também é chamada de nação sacerdotal, já que cada judeu é chamado a ser uma testemunha do Eterno na terra.
3.2 – ORDEM SACERDOTAL ESPIRITUAL. O sumo sacerdote é Yeshua, o Filho de Elohim, e existem sacerdotes espirituais no Reino dos Céus. Através do testemunho de Yeshua é assegurada a permanência de Israel como nação sacerdotal na terra, todos aqueles que observam os mandamentos e têm o testemunho do Mashiach Yeshua (Apocalipse 12:17). E, dentre as nações, há uma chamado e uma seleção de pessoas que serão enxertadas na oliveira e compartilharão da missão de Israel, tornando-se também parte da nação sacerdotal.

O SUMO SACERDOTE:

1)É UM TRANSFORMADOR: Entra na presença do Eterno nos santo dos santos. A manifestação do Eterno é muito intensa e poderosa, e o sumo sacerdote está preparado para ter esta experiência e repassá-la para a congregação. YESHUA cumpre plenamente esta função.
2)É UM INTERCESSOR: Na presença do Eterno intercede pela congregação e oferece sacrifícios que sirvam de expiação, a fim de que a presença do Eterno permaneça no meio do povo.
3)É UM REPRESENTANTE: Foi constituído representante do Eterno na congregação e representa a congregação na presença do Eterno.

O GRANDE OBJETIVO:

1)Prepara a terra para ser uma morada para o Eterno.
QUARTA PARTE: É impossível ter comunhão duradoura com o Eterno sem uma atitude genuína de santificação. O Eterno é o nosso D’us, Ele é santo, Ele é o nosso santificador e nos chama a sermos santos – Ler: Levítico 19:1,2.

1.ALGUNS PONTOS IMPORTANTES DESTA PARASHÁ:

4.1- Antes de comer um animal que foi caçado, deve-se derramar o seu sangue na terra e cobri-lo com o pó da terra.

4.2 – Não imitar os costumes das nações, ou seja, os padrões do mundo quanto ao certo e o errado, mas ter como referencial a Torah (Lev. 18:3-5).

4.3 – Não se impurificar com perversões sexuais. Este tipo de pecado também impurifica a terra (Lev. 18:6-30). Estes pecados levam a condenação da alma e a terra vomita os que praticam estas coisas.

4.4 – Não ter nada com os demônios (feitiçaria, idolatria) (Lev. 17:7-9).

QUINTA PARTE: Vamos clamar ao Eterno pela Sua ajuda, mas antes daremos dois passos:

1.Pedir perdão pelos nossos pecados involuntários e nossos defeitos.
2.Liberar perdão para pessoas que nos ofenderam.
3.Nos comprometer a andar nos caminhos do Eterno com seriedade, respeitando Seus preceitos e nos corrigindo naquilo que sabemos que está errado.

LER: Sofonias 3:17

Patrick
Colunista
Colunista

Mensagens : 41
Pontos : 124
Data de inscrição : 18/11/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum