Adonay Echad


Seja bem vindo (a)!!!

Últimos assuntos
Bate Papo
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante :: 1 Motor de busca

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 57 em Seg 08 Fev 2016, 6:29 am
Parceiros



50




50








50




50



50

Como deve ser o ma'aser (dizímo) hoje em dia ?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

default Como deve ser o ma'aser (dizímo) hoje em dia ?

Mensagem por Diego Yo'ets em Qui 20 Jan 2011, 2:57 pm

Espaço aberto para tratarmos da questão das ofertas (terumah) e dizimos (Ma'aser) oferecido a Adonay.

O Dizimo está ainda em vigor?

___________________________Adonay Echad__________________________________________

A Lei não salva o homem pecador, apenas ensina o menino como deve andar.
avatar
Diego Yo'ets
Administrador
Administrador

Mensagens : 594
Pontos : 843
Data de inscrição : 08/11/2010
Idade : 34
Localização : Fortaleza-Ce

http://adonayechad.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Como deve ser o ma'aser (dizímo) hoje em dia ?

Mensagem por Pereira em Sex 21 Jan 2011, 3:31 pm

Amado Diego,

O AMADO PERGUNTA: O Dizimo está ainda em vigor?

Com certeza Dízimos ainda está em vigor por que não é um preceito Legal. E objeto de fé. Por isso mesmo foi observado por Abrão e seus filhos 430 anos antes da Lei.

Lamentavelmente, para quem quer conhecer a verdade, uma única palavra basta. Porém, para quem não quer aprender, uma biblioteca inteira não é suficiente.

As Escrituras no Novo Testamento fazem para a Oholyao de Yaohushua uma Grandiosa revelação dos mistérios de ULHIM concernentes a estas coisas, e é triste pensar que alguns incautos possam desconsiderar essas verdades.

A grande revelação dos mistérios de ULHIM sobre dízimos e ofertas, é compreendido quando estudamos sobre o SACERDÓCIO da Oholyao.

É justamente no Novo Testamento que encontramos registrado que a Oholyao de Yaohushua, que somos nós, tem um sacerdócio diferente, superior, eterno e principalmente relacionado a dízimos e ofertas.

1 Kafos 2: 5 vós também, quais pedras vivas, sois edificados como casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais, aceitáveis a ULHIM por Yaohushua hol Mehushkhay.

1 Kafos 2: 9 Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;

Infelizmente, alguns consideram Dízimos e Ofertas, práticas somente relacionadas ao Sacerdócio segundo a Lei de Mehushua, isto por que na realidade não compreendem o sacerdócio da Oholyao.

Ter um perfeito entendimento sobre estas coisas é muito importante.
— Isto por que?

Por que tratamos de Lei e Graça. Esta é justamente a diferença entre estes dois sacerdócios.

Um é sombra, o outro é real, um e imperfeito, o outro é perfeito, um é temporário, o outro é eterno, um é inferior, o outro é superior, e ambos recolhem dízimos, um a homens o outro a ULHIM, e tudo isso está registrado no Novo testamento.

Hebreus 7:8 E aqui certamente recebem dízimos homens que morrem; ali, porém, os recebe aquele de quem se testifica que vive.

Observe os termos “E aqui certamente” e “ali, porém”.

Estes dois termos fazem clara distinção entre os dois sacerdócios, um de homens e outro que não é de homens.

— Que sacerdócios?

11 De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico pois sob este o povo recebeu a lei, que necessidade havia ainda de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Molkhyultsaudoque, e que não fosse contado segundo a ordem de Arão?

Primeiro caso: Sacerdócio de homens, Levítico, imperfeito, temporário que recebe dízimos Segundo a lei, não se refere a Oholyao de Yaohushua.

Segundo caso: Sacerdócio não segundo a homens, eterno, perfeito, superior, que recebe dízimos segundo a Fé e refere-se a Oholyao de Yaohushua.

É muito importante perceber que se tratando de Sacerdócio, o sacerdócio constituído a Oholyao não é segundo a Lei e sim segundo a Graça que já existia e manifesta-se a Abruram, 430 anos da lei de Mehushua.

Bereshith 14: 18-20 Ora, Molkhyultsaudoque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; pois era sacerdote do ULHIM Altíssimo; e abençoou a Abruram, dizendo: bendito seja Abruham pelo ULHIM Altíssimo, o Criador dos céus e da terra! E bendito seja o ULHIM Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos! E Abruham deu-lhe um décimo de tudo.

Observe que, o Sacerdócio de Molkhyultsaudoque recebe o testemunho de ser perpétuo e perfeito e abençoador e no entanto, recolhe dízimos de Abruham que por fé era um dizimista e é este mesmo sacerdócio que o Novo testamento refere-se a Yaohushua e a Sua Oholyao.

Hebreus 7: 3,4 sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas feito semelhante ao Filho de ULHIM, permanece sacerdote perpetuamente. Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abruram pagou o dízimo dentre os melhores despojos.

Hebreus 7: 6 mas aquele cuja genealogia não é contada entre eles, tomou dízimos de Abruham, e abençoou ao que tinha as promessas.

No que diz respeito ao sacerdócio da Oholyao temos as Palavras de YAOHU: “ULYAOHU UL jurou e não se arrependerá: tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Molkhyultsaudoque.”

Portanto amados, o testemunho das escrituras nos ensina que o sacerdócio da Oholyao é eterno, superior, abençoador e recebe dízimos que são tributados a ULHIM e não a homens.

A real diferença entre estes dois sacerdócios é que, um é por obrigatoriedade, o outro é simplesmente por fé.
avatar
Pereira

Mensagens : 540
Pontos : 560
Data de inscrição : 21/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum